Produtos químicos diários que você não sabe que são prejudiciais: ferrugem

23/11/2023

Uma visão cotidiana em tudo, desde superfícies metálicas e móveis até sistemas de encanamento doméstico, a ferrugem (óxido de ferro) geralmente aparece como flocos marrom-avermelhados que se formam no processo de oxidação. Pode parecer inofensivo ou até inconsequente, mas a ferrugem não é tão benigna quanto parece. A ferrugem não tratada pode ter consequências significativas, tanto em termos de danos materiais como de potenciais riscos para a saúde. Aqui exploramos ainda mais os efeitos frequentemente esquecidos da ferrugem – continue lendo para saber mais.

A ferrugem é cientificamente conhecida como óxido de ferro e é o produto químico natural do ferro e do aço que entra em contato com oxigênio e umidade.

Composição Química da Ferrugem

A ferrugem é cientificamente conhecida como óxido de ferro e é o produto químico natural do ferro e do aço que entra em contato com o oxigênio e a umidade. À medida que a superfície do metal oxida, desenvolve-se uma camada marrom-avermelhada, e esta camada é chamada de ferrugem. Embora as condições exteriores possam parecer mais propícias ao processo de oxidação, a ferrugem também pode ocorrer em ambientes interiores, muitas vezes escondida à vista de todos. Tudo o que é necessário para produzir ferrugem é oxigênio na presença de umidade.

Efeitos nocivos

Curiosamente, a ferrugem não é apenas perigosa para a saúde humana, mas também é responsável por danos às estruturas. Vamos dar uma olhada em seus efeitos nocivos:

Danos materiais

  • Dano estrutural: Sempre que a ferrugem se infiltra na estrutura interna de qualquer edifício ou infraestrutura, ela enfraquece o metal, levando ainda mais ao enfraquecimento da resistência do metal e a falhas estruturais. Esta é uma preocupação comum em edifícios ou estruturas que apresentam vazamentos de água ou acúmulo de umidade não resolvido.
  • Degradação do aparelho:  A maioria dos eletrodomésticos, como máquinas de lavar louça, máquinas de lavar, aquecedores de água, etc., são fabricados com componentes metálicos e estão sujeitos à deterioração relacionada à ferrugem ao longo do tempo. Ao entrarem em contato com a umidade, a eficiência desses aparelhos diminui, levando a reparos dispendiosos ou até mesmo substituições.
  • Problemas de encanamento: A ferrugem nas tubulações é um problema muito comum, reduzindo a qualidade e o fluxo da água e muitas vezes exigindo reparos dispendiosos no encanamento. A ferrugem das tubulações de água não prejudica apenas o sistema de encanamento, mas também a saúde do consumidor, uma vez que a ferrugem é lixiviada para a água.

Prevenção e Mitigação

  1. Galvanização: A galvanização serve como uma técnica de prevenção de ferrugem obtida por meio de galvanização por imersão a quente ou galvanoplastia. Neste processo, um objeto de ferro ou aço é envolvido por uma fina camada de zinco. Esta camada atua como uma barreira, impedindo que o oxigênio e a água cheguem ao metal abaixo. Além disso, o zinco funciona como metal de sacrifício, pois é mais reativo que o ferro, oxidando preferencialmente para proteger o objeto de ferro.
  2. Usando Corten ou Aço para Intemperismo: O aço para intemperismo, comumente referido como aço “COR-TEN”, incorpora elementos de liga como cromo, cobre, níquel e fósforo, constituindo até 21% de sua composição. Essas ligas facilitam a formação de uma pátina protetora contra ferrugem que diminui a taxa de corrosão ao longo do tempo. Notavelmente, o aço COR-TEN costuma ser mais econômico do que o aço inoxidável.
  3. Azul: O azulamento envolve a submersão de componentes de aço em uma solução de nitrato de potássio, água e hidróxido de sódio, proporcionando um nível modesto de proteção contra ferrugem para pequenos itens de aço. O termo “blueing” é derivado da aparência azul-preta característica do acabamento obtido através deste processo. Esta técnica é comumente empregada na produção de armas de fogo para conferir um certo grau de resistência à corrosão. Além disso, encontra aplicação na criação de relógios finos e outras peças de metal.
  4. Inspeções Regulares: As inspeções de rotina de estruturas, eletrodomésticos e encanamentos podem ajudar a identificar e resolver precocemente problemas relacionados à ferrugem, evitando danos significativos e riscos à saúde.
  5. Inibidores de ferrugem: Vários inibidores de ferrugem e revestimentos estão disponíveis para proteger as superfícies metálicas contra ferrugem. Estes produtos criam uma barreira entre o metal e o meio ambiente, dificultando o processo de oxidação.
  6. Vacinação contra o tétano: Manter-se atualizado com as vacinas contra o tétano é essencial para qualquer pessoa que possa estar em risco de perfurações causadas por objetos enferrujados, pois isso pode ajudar a prevenir a infecção pelo tétano.

Substância aparentemente inócua que encontramos em nossas vidas diárias, a ferrugem não é tão benigna quanto parece. A sua capacidade de causar danos materiais, contaminar a água e representar riscos para a saúde torna-a uma preocupação mais significativa do que muitos podem imaginar. Medidas regulares de manutenção, inspeção e prevenção de ferrugem são essenciais para proteger nossa propriedade e nosso bem-estar. Mantendo-nos informados sobre os perigos ocultos da ferrugem e tomando medidas proativas para enfrentá-los, podemos garantir um ambiente de vida mais seguro e saudável.

Chemwatch está aqui para ajudar

Se você quiser saber mais sobre os efeitos ambientais e de saúde dos produtos químicos, ou como minimizar os riscos ao trabalhar com produtos químicos, estamos aqui para ajudar. Temos ferramentas para ajudá-lo com relatórios obrigatórios, bem como na geração de FDS e Avaliações de Risco. Também temos uma biblioteca de webinars que abrange regulamentações globais de segurança, treinamento em software, cursos credenciados e requisitos de etiquetagem. Para maiores informações, Contacte-nos hoje!

Fontes:

Inquérito Rápido